lb fr pt en
Sakramenter . Sacrements  
30 de Agosto de 2016

Pertencer à Igreja

Os católicos tornam-se cristãos através do baptismo na Igreja Católica ou, no caso de fazer parte de uma outra denominação cristã, por conversão à fé católica.

Quando o bebé é baptizado a paróquia da residência oferece aos pais um tempo de preparação. A celebração do baptismo é possível em qualquer idade. Atingida a idade escolar já não são os pais que se preparam, mas é o candidato a receber o baptismo que se prepara através de encontros na paróquia. Os adultos recebem uma formação ao nível da diocese (catecumenado de adultos).

Os baptizados de outras denominações cristãs, são acolhidos na Igreja Católica através de um tempo de preparação, que há-de conduzi-los ao sacramento da Confirmação e / ou Eucaristia.

O baptizado pode querer deixar de fazer parte da Igreja Católica por várias razões: porque se converteu a outra denominação cristã, ou a uma religião não-cristã, ou ainda por outras razões pessoais. A defecção da Igreja é feita através de uma notificação à autoridade eclesiástica competente. O pedido é feito através de uma carta (em anexo) dirigida à arquidiocese, acompanhada de uma cópia do documento de identificação. Na carta deve ser indicada a data e o local do baptismo, para posterior actualização dos registos paroquiais.

O sacramento do batismo não pode ser anulado, mas a Igreja respeita a vontade daquele que quer deixar Igreja, e por isso a pessoa deixa de ser considerada Católica. Quem declara o desejo de de abandonar a Igreja é assim separado da comunidade católica, e deixa de poder receber os sacramentos, o funeral católico, e ser padrinho ou madrinha de baptismo.

Para aqueles que saíram, a reintegração na Igreja Católica é possível em qualquer altura. Num primeiro momento deve ser contactado um padre católico ou um agente pastoral. Uma vez que a defecção da Igreja foi efectuada através de um pedido formal à autoridade eclesiástica, o pedido de reintegração também carece de uma autorização formal. Após a profissão de fé, o candidato é reintegrado na comunidade eclesial pelo Arcebispo ou seu delegado. A reintegração no seio da comunidade pode ser feita durante uma celebração litúrgica pública ou privada. Não é necessário um novo baptismo uma vez que o sacramento não perdeu a sua validade.

Défection de l’Église
Lettre type
 
Ä e r z b i s t u m    L ë t z e b u e r g   .   A r c h e v ê c h é   d e   L u x e m b o u r g    .   
YouTube
SoundCloud
Twitter
Instagram
Facebook
Flickr
WhatsApp 352 691 12 97 76
Service Kommunikatioun a Press . Service Communication et Presse
Äerzbistum Lëtzebuerg . Archevêché de Luxembourg

© Verschidde Rechter reservéiert . Certains droits réservés
Dateschutz . Protection des données
Ëmweltschutz . Protection de l'environnement
5 avenue Marie-Thérèse
Bâtiment H, 1er Étage
L-2132 Luxembourg
+352 44 74 34 01
com cathol.lu